Fábio Gentil queimou a própria língua

Fábio Gentil se elegeu em 2016 tecendo duras críticas ao setor da Saúde durante os governos de Humberto Coutinho e, principalmente, Léo Coutinho.

Descia a ripa

Mas, no geral, ‘Cabeludo’ descia a ripa em todos os secretários dos referidos governos anteriores e sempre dizia que uma vez no poder faria tudo diferente.

Socorro

Mas eis que passados três anos e meio da sua administração o prefeito se viu obrigado a pedir socorro aos mesmos integrantes dos governos anteriores que ele criticava.

Um monte

O certo é que hoje há um monte deles dentro do governo de Gentil, inclusive parentes diretos dos Coutinho.

Saúde

E, para completar, por último, Fábio Gentil chamou o ex-secretário de Saúde Vinícius Araújo (que atualmente presta assessoria ao governo) e, agora, nomeou o ex-chefe do Saae nas mesmas gestões anteriores, Carlos Alberto, que assumiu a missão de organizar a Secretaria Municipal de Saúde da Princesa do Sertão, pois a mesma estaria quase indo à bancarrota, como dizem vários governistas nos bastidores políticos.

Queimou

Ou seja, ‘Cabeludo’ queimou a própria língua.

 

Por: Jotônio Vianna