Publicidade [660x100]

O ex-companheiro da cabeleireira Aretha Dantas, de 32 anos, morta a facadas na madrugada da última terça-feira (15) em Teresina, se entregou à Polícia Civil no início da noite desta quarta-feira (16). Paulo Alves dos Santos Neto, é o principal suspeito do crime.

Segundo informações, o suspeito compareceu à delegacia na presença de um advogado. Ele estava sendo procurado por seis equipes do Departamento Estadual de Homicídio e de Proteção à Pessoa (DHPP).

De acordo com informações da perícia criminal que foi realizada, a vítima foi esfaqueada pelo menos 20 vezes, e foi atropelada em seguida pelo seu assassino, sendo arrastada por cerca de 10 metros, o que provocou as fortes lesões no rosto da vítima e a perda de couro cabeludo.

A casa do ex-namorado da cabeleireira, localizada no bairro Parque Poty, Zona Sudeste de Teresina, foi cercada pela polícia na tarde desta quarta-feira (16).

De acordo com a delegada Luana Alves, do Núcleo de Feminicídio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a casa estava totalmente ensanguentada, uma faca também foi encontrada dentro do carro do suspeito, identificado como Paulo Alves dos Santos Neto, que é considerado o autor do crime, porém não estava presente no momento da vistoria.

“Tudo indica que aqui foi o local do crime, muito sangue, o carro tem marca de sangue. E a autoria está esclarecida. Tudo indica que foi por ciúmes porque ela já estava em outro relacionamento”, afirmou a delegada.

Aretha Dantas morou com o Paulo Alves dos Santos Neto até o mês de dezembro do ano passado, período em que terminou o relacionamento. Vizinhos relataram a polícia que ouviam muitos pedidos de socorro e que até chegaram a denunciar.

 

Com informações: Conexão 86

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here