Publicidade [660x100]

O carro usado na fuga do suspeito de atirar contra o estudante Gabriel Breno, de 21 anos, foi localizado pela equipe de investigação do 1º Distrito Policial em uma locadora de veículos na zona Norte de Teresina. O estudante foi atingido com um tiro na cabeça no dia 17 de julho no Centro de Teresina.

O chefe de investigação, Nonato Martins, informou ao Cidadeverde.com que o suspeito de atirar contra o estudante, além de trabalhar como mestre de obras, também atuava como motorista por aplicativo.  O carro aparece nas imagens feitas por câmeras de segurança da região.

“Ele alugou o veículo para trabalhar de Uber, e não para cometer o crime. Faz seis ou sete meses que ele trabalhava com isso. Ele mandou os advogados dele devolver o carro um dia após o crime. O carro é um Onix cinza escuro”, disse o chefe, acrescentando que o carro localizado não foi apreendido.

A investigação acredita que o suspeito deverá se apresentar à Polícia Civil nos próximos dias, uma vez que já foi identificado. A principal linha de investigação aponta para crime passional: suspeito e vítima se envolveram com a mesma mulher.

No momento, o 1º DP representiou pela prisão preventiva e aguarda o deferimento da Justiça para dar cumprimento ao mandado.

Em boletim divulgado na tarde dessa segunda (22), o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), local onde o estudante está internado desde o ocorrido, informou que o quadro de saúde do Gabriel permanece gravíssimo. Ele continua entubado e em ventilação mecânica na UTI.

Por: Cidade Verde

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here