Publicidade [660x100]

A Professora colombiana, Yokasta, casada, pode pegar 40 anos de cadeia por crime de estupro.

Segundo as informações, a docente obrigava alunos do ensino médio.entre, de 16 e 17 anos da escola na qual lecionava, a fazerem sexo com ela por notas altas na escola.

Os casos aconteceram na cidade de Medellín, na Colômbia, no primeiro semestre do ano. O contato acontecia da seguinte forma: A professora se dirigia aos alunos por meio das redes sociais, requisitava seus números de telefone “para supostamente ajudar na lição de casa.

Yokasta, de 40 anos, usava o WhatsApp para enviar fotos íntimas e propostas sexuais aos estudantes.

Apesar de ser comprometida, convidava os adolescentes ao apartamento, os coagindo a transarem com com ela sob a ameaça de repetirem o ano, caso negassem a proposta sexual.

O caso foi descoberto depois que uma das suas vítimas contou a história aos pais, os quais tiveram acesso às mensagens e imagens enviadas ao celular do filho pela docente e vice-versa.

O marido entrou com um pedido de divórcio após a repercussão do caso.

Direto da Redação/Caxias Online

LEIA TAMBÉM:

Mais impostos! Em Caxias, vereadores aprovam cobrança de taxa por serviço de coleta de resíduos domiciliares

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here