Segundo o delegado Baretta, a estudante desaparecida na última quarta-feira foi assassinada no interior do veículo do capitão Allisson.

Nossas investigações apontam que Camila foi assassinada no interior do veículo de Allisson, que estava escondido na casa de parentes“, declarou. Segundo ele, o veículo onde a estudante teria sido assasinada é um Corolla azul escuro, que o militar chegou a tentar vender após o crime.

O delegado afirmou que o capitão Alisson Watson matou Camila Abreu com um tiro no rosto no interior do veículo, onde eles mantiveram relações sexuais. Segundo ele, o assassinato ocorreu após uma discussão entre o casal. O carro estava estacionado nas margens da BR-343 na Ladeira do Uruguai próximo a um restaurante na zona Leste de Teresina, onde o telefone celular da estudante foi encontrado na sexta-feira, um dia após o seu desaparecimento.

Por meio de nota, a Secretaria de Segurança Pública do Piauí confirmou as informações. Nesta quarta-feira (01), às 7h da manhã, o secretário de Segurança, Fábio Abreu, o delegado geral, Riedel Batista, e o coordenador da Delegacia de Homicídios, Francisco Costa, o Baretta, irão conceder uma entrevista coletiva para dar mais detalhes sobre o caso.

Confira a nota na integra:

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP – PI) informa que o capitão da Polícia Militar, Alisson Watson, foi preso na tarde desta terça-feira (31), suspeito de assassinar a estudante Camila Abreu . O corpo da vítima foi encontrado no povoado Mucuim, localizado em uma entrada após o posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Br 343.

Fonte: Jornal Meio Norte

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here