Publicidade [660x100]
A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate a Corrupção (Seccor), cumpriu um mandado de prisão preventiva em desfavor do tenente-coronel do Corpo de Bombeiros do Estado Hilton Nogueira Júnior. A prisão aconteceu na manhã desta sexta-feira (13), em São Luís.

A prisão, decretada pela 2ª Vara Judicial da Comarca de Pinheiro, foi representada pelo 2º Departamento de Combate à Corrupção, que investiga a prática de diversos atos de corrupção praticados por Hilton durante os anos de 2016 e 2017, quando esteve à frente do 8º Batalhão de Pinheiro.

Segundo as investigações, entre os atos irregulares estão: a coação ao empresário responsável pelo fornecimento de alimentação do batalhão, o qual era obrigado a superfaturar suas notas ficais para que o comandante pudesse desviar em seu proveito o valor superfaturado; cobranças de vantagens indevidas para concessão de certificados de funcionamento/licenças; e pedidos de supostas “doações” a empresários e representantes das prefeituras circunvizinhas, os quais eram intitulados, pelo investigado, de “padrinhos”.

Fonte:: Imirante

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here