Publicidade [660x100]

Thompson Flores, presidente do Tribunal Federal da 4ª Região, determinou na noite deste domingo que Lula permaneça preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. A decisão encerra o impasse entre dois desembargadores do TRF-4 que tinham emitido diferentes ordens durante o dia: o plantonista Rogério Favreto havia concedido um habeas corpus ao petista, enquanto o relator da Lava Jato na corte, João Pedro Gebran Neto, tinha decidido pela manutenção da prisão.

Redação Caxias Online

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here