Livro aborda contribuição do Professor Passinho para Caxias

Um dos ativistas da Educação e Cultura mais conhecidos de Caxias, Manoel de Páscoa Medeiros Teixeira, o Professor Passinho, é tema da nova obra de Clara Lopes Jovita, professora aposentada do Colégio São José e membro da Academia Sertaneja de Letras, Educação e Artes do Maranhão (Asleama). O livro é “Cultura e Legado – A Contribuição de Manoel de Páscoa para Caxias”, que será lançado neste sábado (28), às 19h30, na Academia Caxiense de Letras. A obra tem 172 páginas e foi produzida em Imperatriz (MA) pela Ethos Editora e Estampa Encadernações.

Manoel de Páscoa morreu de leucemia em 19 de junho de 2017, aos 65 anos de idade. Antes, deixou um conjunto de informações, reflexões e poemas com sua colega professora e amiga Clara Lopes Jovita, que fez os registros a partir de diversas conversas e entrevistas que manteve com o Professor Passinho e em cujos encontros a Cultura Caxiense foi o principal assunto. 

Manoel de Páscoa foi o fundador, presidente duas vezes e presidente emérito da Academia Sertaneja de Letras, Educação e Artes do Maranhão (Asleama), sediada em Caxias. Ele foi sucedido pelo empresário e apoiador da cultura Edson Amâncio, da indústria Incomsol, e, depois, pelo professor Guilherme Sousa, atual presidente.

A Religião (era católico), a Educação, a Cultura e a Cidadania foram os quatro pés em que mais se assentou a dedicação de Manoel de Páscoa às causas caxienses. O livro traz informações pessoais e culturais e produções poéticas inéditas do Professor Passinho. Como escreve o jornalista e consultor caxiense Edmilson Sanches, editor e prefaciador da obra, “’Cultura e Legado’ talvez seja, até o momento, o primeiro e por enquanto único livro dedicado a desvelar um pouco do professor e ativista cultural Manoel de Páscoa Medeiros Teixeira, carinhosamente conhecido em toda Caxias e alhures como Passinho”.

Por sua vez, a autora, Clara Lopes Jovita, destaca que “o livro é um trabalho simples, porém de significativo valor, pois nele há um rico registro dos aspectos culturais e religiosos da cidade de Caxias (MA) e dados relevantes sobre a trajetória de vida do professor Manoel de Páscoa Medeiros Teixeira, um caxiense ilustre, homem de fé autêntica, simples e honesto, que enfrentava com coragem e determinação todos os obstáculos que a vida lhe apresentava. “ Ainda sobre sua obra, Clara Jovita diz que o livro “é uma tentativa de compreender a importância do trabalho de Manoel de Páscoa em prol da cultura caxiense e resgatar sua herança cultural deixada para a posteridade, a fim de que este legado seja bem mais conhecido por todos.”

De modo específico, “Cultura e Legado” traz registros sobre diversas igrejas caxienses, músicos, artistas plásticos, artesãos, manifestações e grupos folclóricos, mitos e lendas, além de informações biográficas sobre Manoel de Páscoa, a partir de sua genealogia, e diversos depoimentos de intelectuais, professores, ex-alunos sobre o Professor Passinho.

O livro “Cultura e Legado —  A Contribuição de Manoel de Páscoa para Caxias” tem 172 páginas, formato 15 cm X 22 cm, ilustrado e colorido. A obra traz em suas páginas diversas fotografias de Caxias, coloridas, do fotógrafo caxiense e membro da Asleama David Sousa.

SERVIÇO – “Cultura e Legado” será lançado neste sábado (28), às 19h30, na Academia Caxiense de Letras, na Rua Alderico Silva, 737 (antiga Rua 1º de Agosto), no centro de Caxias. Este é o segundo livro da professora Clara Lopes Jovita, que estreou com “Estradas da Vida – Memórias e Poesias”, lançado em fevereiro.