Na última quarta-feira (25), em sessão ordinária realizada na Câmara Municipal de Caxias, o vereador e ex-aliado de ‘bate e pronto’ do Grupo Coutinho, Sargento Moíses Holanda, isolou mais uma bola na linha de fundo ao insuflar uma curta homenagem aos odontólogos – os quais comemoram anualmente, no dia 25 de outubro, o Dia do Dentista Brasileiro.

Tipificando superficialmente a importância da saúde bucal, o parlamentar que foi secretário no governo do ex-prefeito, Léo Coutinho, incentivou a população a procurar um serviço de saúde fantasma: “Essa é uma data para incentivar as pessoas a procurarem a manter uma boa saúde bucal e não terem problema mais á frente”, explanou o parlamentar, desmemoriando-se que na maioria dos postos de saúde do município de Caxias não existe a presença do dentista, fato retratado na postagem: Cadê o dinheiro Governo Gentil? Caxiense denuncia falta de médico e dentista em posto de saúde.

Esperava-se do vereador 40 de carteirinha e que aprendeu a voar com Humberto Coutinho, uma posição imparcial na Câmara Municipal, exercendo o papel de fiscalizador do poder executivo, como determina a lei.

O vereador, agora devoto do grupo que atacou em 2016, deveria aproveitar o mandato dado a ele pelo Grupo Coutinho, para cobrar do Prefeito Fábio Gentil e da Secretaria de Saúde, a aplicação eficiente da verba destinada a saúde pública do município; questionando principalmente: onde foram parar os mais de R$ 110.000.00 destinados pelo governo federal, de janeiro a agosto do ano presente, a saúde bucal do município – tendo em vista as sucessivas reclamações da população e alegação de um serviço fantasma.  

Porém, a paixão repentina e avassaladora nutrida pelo vereador correlação ao Clã Gentil, fala mais alto, sem qualquer sinal de questionamento, cobrança e/ou contraponto a gestão municipal, o parlamentar limita o discurso na Câmara a uma fala inconsistente e contraditória – similar aos parâmetros utilizados pelo Prefeito mais contraditório das galáxias, Fábio Gentil.

Afeiçoado as copas da fauna e flora do Governo Gentil e sobre o efeito demasiado de lavagem cerebral, Moisés de Holanda, nos dias atuais, defende o prefeito Fábio Gentil de tudo e de todos, inclusive, protagoniza sucessivos ataques ao Governador Flávio Dino, o qual tanto aplaudiu por anos, quando servia exclusivamente o Grupo Coutinho.

Quem sabe agora, mediante a negociação de cargos no governo estado, entre o prefeito Fábio Gentil e o Governador Flávio Dino, o amantético vereador curve o facho; e não se espante caso o Sargento do nada, volte a aplaudir e categorizar uma frase bem familiar na Câmara Municipal: “meu governador”.

Contudo, ainda presenciaremos parafernálias recheadas de peripécias e contradições como esta: na qual um vereador devoto incentiva a população caxiense a procurar por um serviço de saúde que não existe, no mesmo instante em que exerce a função de fiscalizar o prefeito tendo a obrigatoriedade de cobrar, mas não o faz, pelo amor platônico desenvolvido pelo Governo Gentil em curto espaço de tempo.

Direto da Redação/Caxias Online

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here