Foto da prova do Enem vaza no WhatsApp; Inep afirma que PF buscará responsável

Fotos do caderno de questões deste primeiro domingo, 3, de provas do Enem 2019 circularam em redes sociais por volta das 15 horas, pelo menos 30 minutos antes de os alunos poderem deixar os locais de prova e ao menos três horas antes de terem autorização para levar a prova para casa.

Em nota o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo Exame, confirmou que as imagens são reais. o Instituto afirma ainda que “os órgãos competentes já foram acionados pelo Inep para identificar a origem e o responsável pela divulgação da imagem”.

.

No Twitter, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, postou vídeo em que afirma que “o Enem segue funcionando tudo perfeitamente bem”. Weintraub também confirma a veracidade da foto, mas, segundo ele, “em nada compromete a realização do Enem”.

O ENEM segue 100%! A foto da prova é verdadeira, porém, foi tirada e postada após o início do exame e da realização dos procedimentos de segurança. Tudo dentro da normalidade. pic.twitter.com/ZwDSWQEcx3— Abraham Weintraub (@AbrahamWeint) November 3, 2019

“Agora a Polícia Federal vai identificar a pessoa responsável e vai tomar as devidas providências legais contra ela. Isso aparentemente aconteceu em Pernambuco e a gente já está chegando ao nome da pessoa”, encerra o ministro. 

Confira a nota completa do Inep:

“O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informa que é real a imagem da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 que circula nas redes sociais. É importante esclarecer que a divulgação, que ocorreu após o início da aplicação, não prejudicou o andamento do exame. Todos os participantes já tinham passado pelos procedimentos de segurança e estavam nos locais de prova.

Os órgãos competentes já foram acionados pelo Inep para identificar a origem e o responsável pela divulgação da imagem.”

Com informações: Povo Online