Publicidade [660x100]

A família de Jéssica Cristina Araújo vive há dois dias o pesadelo de não saber onde a jovem de 18 anos está. Ela saiu de casa às 15h30 da última sexta-feira (24) e foi vista pela última vez por volta das 22h, na avenida Frei Serafim.

Segundo a mãe de Jéssica, Ocirene Pereira Lima, a filha nunca havia dormido fora de casa, mas estava com o comportamento diferente. “Ela saía da escola e ia para outros lugares sem me avisar, mas sempre voltava antes das 22h. Por isso que eu estou com medo do que pode ter acontecido”, disse.

Ocirene conta que a jovem foi vista por um taxista amigo da família. Ela estava descalça, vestida uma calça jeans e uma blusa preta. “Quando ele chamou pra levá-la em casa, ela correu e pegou um ônibus em direção à zona norte. Ela tem uns amigos pra lá. Nós já fomos atrás e eles dizem que não viram”, afirmou a mãe.

Jéssica estuda no Premem Sul e mora no Cristo Rei. A família já procurou a jovem pela zona sul e na casa de colegas, mas ninguém sabe informar onde ela está. “Eu já passei mal, já fui pro hospital. Não consigo dormir e nem comer. Quero que ela volte pra casa ou pelo menos  queria saber que ela está bem”, disse Ocirene, chorando.

A família tentou registrar Boletim de Ocorrência, mas não conseguiu. A polícia orientou a procurar a delegacia na zona norte, para onde a menina teria ido. Hoje (26), Ocirene vai registrar o desaparecimento de Jéssica na delegacia do bairro Alto Alegre.

Caso alguém tenha informações, pode entrar em contato com a família através do número (86) 9 9924 2341.

Direto da redação / Caxias Online

Com informações: Portal o dia

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here