Publicidade [660x100]
A Polícia Rodoviária Federal vai  divulgar a abertura de edital de concurso para Policial Rodoviário Federal em 2018. O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, informou na quarta-feira, 28 de fevereiro, que foi autorizado a abrir concurso para a Polícia Rodoviária Federal com 500 vagas. Após reunião com o Ministério do Planejamento, ficou decidido que não haverá contingenciamento das verbas do órgão. A promessa é que o edital seja divulgado ainda este ano. Na oportunidade, Jungmann também confirmou 500 vagas para a PF.

“Sobre a necessidade e urgência de reforçar recursos humanos, especialmente na Polícia Federal e na Polícia Rodoviária Federal, estamos autorizados a fazer concursos, com 500 novos agentes para a Polícia Federal e 500 novos agentes na Polícia Rodoviária Federal”, afirmou Jungmann em entrevista. O Ministério foi criado por Medida Provisória na última terça-feira, 27 de fevereiro, pelo presidente Michel Temer.

O órgão encaminhou solicitação de edital ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para nada menos que 2.778 vagas, conforme informou a Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF). No entanto, o governo só autorizou 500 oportunidades.

Na manhã do dia 21 de fevereiro, o pedido de concurso PRF 2018 recebeu nada menos que seis avanços dentro da pasta do governo. A última movimentação mostra (veja abaixo) que o pedido do concurso foi concluído no Departamento de Legislação e Provimento de Pessoas do Ministério do Planejamento.

O envio de solicitação do Concurso PRF ocorreu mesmo em meio à troca de comando no Ministério da Justiça, pasta em que a PRF é vinculada. A solicitação foi feita por meio do Aviso 630/2017, conforme informação do sistema de consulta de documentos e processos do MJ, e já foi protocolada no Ministério do Planejamento.

Em números, a Federação informou que já apresentou estudos que colocam como ideal o efetivo de 15.605 PRFs nas ruas. Atualmente, o efetivo é de 10320 policiais, bem abaixo do efetivo legal, de 13.098. O pedido de concurso PRF é o mais próximo da necessidade do órgão, conforme informou o presidente da FenaPRF, Deolindo Carniel. “O efetivo ideal seria 15 mil, o legal é 13 mil e nós temos 10 mil. Então, é uma forma de tentar repor esse efetivo”, afirmou ele, que tomou posse à frente da FenaPRF no dia 08 de agosto.

Fonte: Concursos Online

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here