Publicidade [660x100]

Com base no artigo 44 do Código de Defesa do Consumidor, o Procon/MA divulgou que a Faculdade Pitágoras foi a empresa com maior número de reclamações de consumidores em todo o Maranhão em 2018. O ranking é elaborado com dados do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec).

“De forma impressionante, a faculdade, que tem menos de 20 mil alunos, conseguiu ficar na frente de empresas que têm milhões de consumidores, como Banco do Brasil e Cemar. Realmente, é uma façanha que precisa ser combatida. Isso é um verdadeiro absurdo, porque essa instituição cobra caro, para prestar um serviço de educação, que é um direito social fundamental que todos nós temos”, ressaltou o deputado Duarte Júnior (PCdoB), que é presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e das Minorias da Assembleia.

A instituição acumula como principais reclamações a demora no atendimento, falhas no sistema online e não oferta de disciplinas no período correto, além da oferta não prevista de muitas disciplinas na modalidade de ensino a distância. “Aqui no Maranhão, nós não vamos permitir que prestem um serviço de péssima qualidade, mercantilizando a educação, trocando professor por ensino a distância sem qualidade”, completa Duarte.

Duarte Jr. propôs, em plenária, duras medidas contra a instituição: “Nós deputados precisamos nos unir e buscar realizações ainda mais efetivas para que essa instituição seja processada com base na lei. E se não tiver condições de prestar um serviço educacional como o cidadão maranhense precisa e merece, que ela seja proibida de realizar novas matrículas”.

 

Fonte  ASCOM

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here