Publicidade [660x100]

Na dinâmica de atendimento da saúde pública em Caxias-MA, na qual a falta de estrutura muitas vezes é a principal rotina, outro problema entra em jogo: o descaso. É o que relata famílias que dependem do atendimento no CAPS III.

O Centro de Atenção Psicossocial, que atualmente funciona no antigo Hospital Dias, no bairro São Francisco, sofre com a falta de estrutura adequada para o atendimento aos pacientes. Um verdadeiro desrespeito da prefeitura de Caxias. O espaço destinado a atender pessoas com transtornos mentais, não é levado a sério pelo governo municipal. Pelo contrário, enquanto os pacientes são tratados de forma indigna, o CAPS III vai funcionando aos trancos e barrancos.

A unidade não oferece condições adequadas de trabalho aos funcionários, sem dispor do básico para o funcionamento e limpeza do local. Os banheiros não têm papel higiênico e folhas para secar as mãos. além do mau cheiro os vasos estão quebrados, as instalações expostas, as paredes descascando e cheias de infiltrações, encardidas e malcuidadas. “O banheiro está desorganizado, tem infiltrações e entupimentos. Não está servindo adequadamente as pessoas que precisam usá-lo, enquanto isso o prefeito Fábio Gentil tá usando o dele bem estruturado”, afirmou o pai de um dos pacientes.

As carências e precariedades infraestruturais do centro, oferecem condições necessárias para a proliferação de doenças, além de, contribuir para o surgimento de insetos e parasitas.

Qual é a desculpa agora prefeito Fábio Gentil? Antes a situação do prédio do CAPS, que era localizado no bairro Seriema, vivia nas mesmas condições precárias, agora, diga-se de passagem, pertence à família Catulé o CAPS III, sofre com o mesmo problema, confirmando ainda mais o título de prefeito das contradições.

Enquanto Fábio Gentil tenta se desfazer do vexame de ter sido certificado como melhor gestor, por uma empresa que deu o mesmo certificado a um jumento, os pacientes do CAPS III, pagam o preço do tratamento sem humanidade, sem estrutura, sem respeito, sem dignidade.

 

Direto da Redação / Caxias Online

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here