Publicidade [660x100]

O deputado Rigo Teles clamou por justiça ao receber a visita da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), do suplente de senador Edinho Lobão (PMDB) e do ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), na manhã desta quinta-feira (7), no velório do ex-prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano de Sousa, o Nenzim, seu pai, brutalmente assassinado com dois tiros na nuca, ontem, em Barra do Corda.

“Esperamos que esse crime seja elucidado o mais rápido possível. Nossa família chora e também Barra do Corda e o Maranhão”, afirmou Rigo Teles.

“É um momento muito difícil perder nosso pai dessa forma brutal e covarde. O que nos conforta abaixo de Deus são os amigos como a ex-governadora Roseana, minha amiga e amiga do meu pai de muitos anos, assim como o ministro Sarney Filho e Edinho Lobão. Estava na antessala do ministro Sarney Filho quando recebi a triste notícia”, acrescentou o deputado.

ROSEANA DIZ QUE PERDEU UM AMIGO

“Para mim, particularmente, eu perdi um grande amigo. Seu Nenzim, antes de ser político, ele era um amigo. Sempre estivemos juntos nas campanhas políticas. Nunca me arrependi de tê-lo apoiado, porque sei que ele sempre trabalhou muito em favor do povo barra-cordense. Ele sempre ajudou as pessoas que mais precisavam. Estou aqui, hoje, para homenageá-lo e ajudar a família, neste momento de dor, para o povo de Barra do Corda e todo o Maranhão. Estou triste e muito emocionada. Espero que Deus o receba em sua nova morada e que Deus o acolha e conforte toda sua família”, declarou Roseana Sarney.

A ex-governadora disse ainda que espera que esse crime seja elucidado, que seja encontrado o autor e que a Justiça faça justiça. “É preciso esclarecer o crime e punir os culpados. Quem quer que seja tem que ser punido. Não se pode tirar a vida de uma pessoa que só fez o bem assim tão brutalmente”, disse.

RAPIDEZ NA ELUCIDAÇÃO DO CRIME

O ministro Sarney Filho disse que perde um amigo e uma liderança política, mas que quem perde muito mais é o povo de Barra do Corda. “Estamos, realmente, muito abalados. É uma tragédia inominável, uma perda irreparável. Queremos que seja apurada a responsabilidade daqueles que foram os mandantes, os criminosos o quanto antes. Não podemos ficar à mercê de boatos, de versões”, acrescentou.

“É preciso que essa polícia do Governo Flávio Dino possa mostrar serviço, porque é o quinto ex-prefeito que é assassinado nesses últimos três anos, no Maranhão. E tudo indica que é um crime de pistolagem. Esse tipo de crime já não existia mais há muito tempo. Queremos que o mais rapidamente possível seja elucidado esse crime monstruoso que foi cometido contra um chefe de família, um homem do bem”, cobrou Sarney Filho.

Edinho Lobão declarou que a forma como aconteceu a morte de Nenzim, em pleno século XXI, ninguém mais pode aceitar. “Há de se procurar os culpados e puní-los de forma exemplar. Neste momento, a coisa mais difícil é o sofrimento de seus familiares. Seu Nenzim foi assassinado de forma cruel e é preciso que se faça justiça. Temos que elucidar esse bárbaro crime”, salientou.

SOLIDARIEDADE À FAMÍLIA TELES

O presidente da Federação das Associações dos Municípios do Estado o Maranhão (FAMEM) e prefeito do município de Tuntum, Cleomar Tema, veio prestar solidariedade ao deputado Rigo Teles e seus familiares.

Tema também cobrou pressa na elucidação do crime. “Um crime bárbaro e covarde que precisa, com urgência, ser elucidado e seus responsáveis punidos exemplarmente. Vamos aguardar as investigações que já estão em curso. Nenzim era um amigo e um político que prestou relevante serviços a região e ao Maranhão”, ressaltou.

Estiveram também no velório os prefeitos de Presidente Dutra e São Domingos do Maranhão, Juran Cavalho de Souza (PP) e Zé da Folha (PMDB), respectivamente.

 

Agência Assembleia

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here