Publicidade [660x100]

A liderança de Lula na preferência do eleitorado continua alta, comprova a última pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (2).

A opção pelo ex-presidente se mostra cada vez mais sólida nas pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial de 2018, crescendo nas simulações de segundo turno contra todos os adversários testados.

Nos cenários de primeiro turno, Lula mostra liderança de até 37% dos votos declarados, o que significa um crescimento de pelo menos 7 pontos percentuais em relação à medição realizada pelo mesmo instituto em junho, quando o ex-presidente alcançava 30% das intenções.

Ou seja, mesmo após a condenação injusta e sem provas pelo juiz Sérgio Moro, em julho, Lula continua a crescer aos olhos do eleitorado.

As informações demonstram reconhecimento popular da integridade do projeto político do PT para o país, que se sustenta a despeito dos ataques que o partido vem sofrendo e da injusta condenação proferida contra Lula.

Foram realizadas 2.765 entrevistas pelo instituto em 192 cidades do país entre os dias de 29 e 30 de novembro. Os resultados apresentam margem de erro de dois pontos para cima ou para baixo.

Crescimento em todos os cenários do segundo turno

Quando colocado em uma disputa de segundo turno contra seus adversários, Lula apresenta expressiva vantagem sobre o segundo colocado em todos os confrontos propostos pela pesquisa.

O ex-presidente se fortaleceu, mostrando crescimento em cada uma das simulações, nas quais ganhou vantagem em relação às ultimas medições, ampliando sua vantagem na corrida presidencial.

Os números apresentados nas situações sugeridas de segundo turno foram: contra Alckmin, Lula venceria por 52% a 30%. Contra Marina, 48% a 35% e contra Bolsonaro 51% a 33%.

Os números a favor do ex-presidente mostram que seu legado resiste às agressões cometidas contra ele, além de comprovarem também uma resistência da população frente ao desmonte de direitos que a população sofre sob o governo Temer, que se utiliza de medidas que trazem somente retrocesso ao país, sendo fortemente denunciadas e renegadas por Lula.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here