Publicidade [660x100]

A corrida ao Senado Federal do Maranhão acabou em ameaça. Nesta terça-feira (18), o deputado estadual e candidato ao cargo pelo PSDB, Alexandre Almeida, registrou uma queixa crime na Polícia Federal contra Edson Lobão Filho, que é candidato a primeiro suplente na chapa do próprio pai, o senador e ex-governador, Edson Lobão (MDB). Alexandre tomou a decisão de solicitar proteção para si mesmo, para a esposa e para o filho de dois anos, depois que recebeu uma mensagem via WhatsApp em que Edson Lobão Filho o ameaçou e declarou que ele havia conquistado “um inimigo para toda a vida”.

Segundo a denúncia recebida pela PF, isso ocorreu porque “Edinho” não gostou de ver na televisão a propaganda eleitoral de Alexandre que foi veiculada na última segunda-feira. Na inserção, jovens maranhenses listam os inquéritos que Edison Lobão responde na justiça, como de corrupção, lavagem de dinheiro, associação criminosa e formação de quadrilha. Os jovens ressaltam ainda o fato de que se Edison Lobão for reeleito, ele terá a oportunidade de passar 40 anos exercendo o cargo de senador pelo Maranhão.

 

Direto da Redação

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here